CAPARAÓ CAPIXABA PARTE II: CENTRO,VALE DOS MURIQUIS E VILA HIPPIE

Morning guys!!! A viagem para o Caparaó Capixaba foi tão incrível, que estou dividindo os detalhes com vocês em três posts, o primeiro você confere aqui, vale muito a pena!

No segundo dia de viagem, ainda hospedados na Pousada Vovô Zinho, acordamos cedo para tomar café e fazer as gravações na pousada. Quando acabamos a gravação, fui explorar uma área verde que tinha uma trilha, com muitas arvores, flores, pássaros que parecia uma mistura de Central Park com algum lugar da Tailândia (nunca fui em nenhum, mas, tenho sky em casa né gente).

Pousada Vovô Zinho – Guaçuí/ES

Pousada Vovô Zinho – Guaçuí/ES

Seguimos para o centro de Guaçuí, cidade que é portal de entrada para o Parque Nacional do Caparaó, onde gravei minhas cenas. Após as gravações do centro, fomos para um dos principais pontos turísticos da cidade: o Cristo Redentor, o Cristo mais antigo do Brasil, que foi feito por um próprio morador da cidade de Guaçuí.

Pegamos a estrada e fomos para o Vale dos Muriquis que já fica no Caparaó Capixaba. Este local ficou famoso pelo preparo da Carne na Lata e o restaurante oferece buffet completo com um almoço caseiro por 20,00 por pessoa, além da paisagem fascinante em volta.

Após o almoço, pé na estrada novamente, agora para visitar um dos destinos mais esperados: A Vila Hippie. Logo que chegamos, já podemos vê crianças brincando nas ruas em um estilo de vida mais livre, pés no chão e uma alegria contagiante. Participamos de dois momentos especiais, o primeiro foi uma roda com músicas e dança na praça da Vila, o segundo foi na casa de uma senhorinha que benze e reza, a mais famosa da região, foi incrível!

Já era a noite, quando chegamos na Pousada Águas do Caparaó, um lugar fantástico, cercado de uma natureza impecável. Há vários chalés dentro do espaço e também cachoeiras que fazem do lugar, um dos melhores que já fui!

Aproveitamos o frio para confraternizarmos a viagem com muito Vinho e comidas preparadas no fogão a lenha. Cheers!!!

Assim encerramos nossa noite: Eu, Francisco, Luísa, Flavio, Anna, Gabi, Roberta e Alline.

 

 

Article by Hallison Campos

Estudante de Jornalismo, editor e criador de conteúdo.

Be the first to comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *