#ENTRETENIMENTO: MÃE!

Mãe do céu! Olha, é o seguinte, vocês precisam ver. Não fale nada. Clica nesse link, compra o ingresso e vai ver Mãe! nos cinemas. Não veja nada sobre o filme. Nem leia esse post. Só vá assistir!

Indiretamente, esse cartaz diz tudo que o filme é. Quase um spoiler.

Primeiro, gostaria de informar que esse post não terá spoilers! Não terá nada, na verdade. Mas vamos em frente…

Sinopse

Um casal vive em um imenso casarão no campo. Enquanto a jovem esposa (Jennifer Lawrence) passa os dias restaurando o lugar, afetado por um incêndio no passado, o marido mais velho (Javier Bardem) tenta desesperadamente recuperar a inspiração para voltar a escrever os poemas que o tornaram famoso. Os dias pacíficos se transformam com a chegada de uma série de visitantes que se impõem à rotina do casal e escondem suas verdadeiras intenções.

O que dizer de Mãe!?

“É como se um caminhão tivesse passado por cima de você, e não houve tempo de anotar a placa.”
PAZOS, Deive

Poderia passar por várias linhas, dizendo como a fotografia e a direção são cruciais no entendimento da história; como a câmera que acompanha a Jennifer Lawrence, assim como nós acompanhamos a visão dela; como o ambiente é extremamente claustrofóbico e apertado, fazendo todos que assistem sufocar, mas…. não vou dizer nada disso.

Eu quero preparar vocês! E é isso que vou fazer…

Ok. Tá vendo esse trailer? JOGA FORA! VOCÊ NÃO VAI PRECISAR DELE!

O que o trailer vende é um filme de terror, que vai ser legal, você vai gritar no cinema, ui, ui, lâmpada explodindo… NÃO É NADA DISSO! PARA! Se você está pensando em levar a namorada no cinema, para esperar ela pular gritando, agarrar no seu braço, se provar o machão, esquece! Não vai rolar! Claro que há algumas cenas de suspense e tensão, com algumas cenas de horror (=/= terror), porém o terror passa longe de Mãe!.

Tudo bem, e como tenho que ver esse filme? Como ele é?

Agora, presta atenção. Vá ver e foque nas alegorias. Nas metáforas. No subtexto do filme. Entende? Se não está afim de pensar, desiste. Melhor não gastar seu dinheiro. É um filme muito detalhista em contar a história por trás da camada superficial. Então… vá ver! Pense! Tente escavar de Mãe, algo que está fundo.

É só isso que posso dizer. Qualquer dica é spoiler.

Boa sorte. Você vai precisar.

Thaylon Pedrosa
Article by Thaylon Pedrosa

Estudante de Publicidade e Propaganda, aspirante a Jedi e um bom exemplo de mau exemplo.

Be the first to comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *